Após ‘tribunal do crime’, casal é torturado e metralhado

Cinco integrantes de uma facção criminosa foram presos na manhã desta quinta-feira (27) em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, após executar um casal. Uma espécie de ‘tribunal do crime’ determinou que eles deveriam ser mortos a tiros, de forma extremamente violenta.

Casal é torturado e metralhado em Araucária

Segundo a polícia civil, o automóvel foi roubado com o casal dentro na última terça-feira, em Pinhais. Em seguida, homem e mulher foram levados para uma área rural de Araucária, também na Região Metropolitana de Curitiba, e foram espancados durante um dia inteiro.  Depois de passar pelo ‘tribunal do crime’, com base no código de ética da facção, foi determinado que o casal deveria morrer metralhado.

Prisão de integrantes de facção criminosa

Na madrugada desta quinta-feira, cinco integrantes foram presos pela Divisão Estadual de Narcótico (Denarc). Com eles, foram apreendidas cinco armas e um carro roubado, que possivelmente era do casal. De acordo com a polícia, dentro do automóvel havia muito sangue, cordas que foram usadas para amarrar as vítimas e um plástico com sangue. Eles foram encaminhados para à delegacia e permanecem à disposição da Justiça.

No local da prisão dos bandidos, foi encontrada a aliança do casal. Os criminosos não quiseram passar a identidade das vítimas, por isso, a Polícia Civil pede ajuda da população para identificar o casal.

*Com informações do Tiago Silva, da RICTV Curitiba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top