Assaltante morre em confronto com a Rocam, após amarrar criança de 9 anos durante roubo a residência em Sarandi | Giro de Notícia

Assaltante morre em confronto com a Rocam, após amarrar criança de 9 anos durante roubo a residência em Sarandi

banner principal

Maicon William Máximo da Silva, de 29 anos, vulgo sabotagem, morreu após entrar em confronto com policiais militares durante um assalto a uma casa, na noite desta sexta-feira (24), no Jardim França, em Sarandi. Com ele estava outro rapaz, que conseguiu fugir. De acordo com a PM, o crime foi por volta das 19h40.

Um vizinho viu a movimentação estranha na residência e ligou para a PM. Várias equipes de Maringá e Sarandi foram para o local. De acordo com o solicitante, um dos assaltantes havia deixado a casa com a caminhonete da vítima. 

Próximo ao Distrito do Vale Azul, a equipe da Rocam motos, se deparou com o veículo na estrada Jaguariúna. Os militares deram voz de abordagem, porém o criminoso efetuou disparos em direção aos militares. Para se defenderem, os policiais efetuaram disparos e o criminoso foi atingido. 

Socorristas do Corpo de Bombeiros e a equipe médica do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), foram acionados e constataram que o rapaz não resistiu aos ferimentos e morreu no local. 

A arma usada pelo assaltante foi apreendida pela perícia. Ainda segundo a polícia, ele tinha dois mandados de prisão em aberto e era foragido do sistema prisional. Ele morava na Vila Santa Izabel, em Maringá. O outro ladrão, conseguiu fugir. 

A caminhonete avaliada em quase R$ 250 mil, e vários pertences foram recuperados. 

Uma equipe da RPA, de Sarandi, foi até a residência assaltada e lá encontraram uma cena revoltante. Um casal, uma adolescente de 15 anos e uma criança de 9 anos, estavam amarrados e trancados no banheiro. 

De medo, o menino de 9 anos, chegou a urinar nas calças. Quando o soldado Alexsandro cortou as fitas que estavam nos braços da criança, o militar foi surpreendido com um abraço do garotinho, que estava em estado de choque. “Obrigado, obrigado”. O gesto da criança comoveu a equipe.

Após o trabalho da perícia, o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Maringá. 

Fonte: Plantão Maringá

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS