Assaltante que morreu em confronto com a Choque de Maringá é identificado | Giro de Notícia

Assaltante que morreu em confronto com a Choque de Maringá é identificado

banner principal

Foi identificado no IML (Instituto Médico Legal) de Maringá, um dos indivíduos que tombou morto em uma intensa troca de tiros, com policiais militares do Pelotão de Choque de Maringá. O confronto aconteceu no final da manhã de ontem (quarta-feira), na zona rural de Presidente Castelo Branco, a 40 quilômetros de Maringá.

Trata-se de Vanderlei Camilo Junior dos Santos, de 27 anos. Ele era natural da cidade de Umuarama. O comparsa que também morreu, ainda não foi identificado. A dupla teria roubado um caminhoneiro, na rodovia PR-323.

A carga recuperada pela PM, está avaliada em mais de R$ 3 milhões de reais. O caminhão roubado ainda não foi encontrado e a polícia acredita que a carga é contrabandeada do Paraguai. 

O confronto 

Dois homens que roubaram um caminhão na cidade de Doutor Camargo, tombaram mortos em uma intensa troca de tiros com a PM (Polícia Militar) de Maringá. O confronto aconteceu entre as cidades de Presidente Castelo Branco e Floraí, em uma estrada rural. Policiais Militares do 08ªBPM de Paranavaí e o Serviço Reservado da PM, foram em apoio às equipes da Choque/04ªBPM.

Conforme as primeiras informações, um bando fortemente armado, surpreendeu o motorista de um caminhão baú, que transportava uma carga de objetos eletrônicos. A PM foi informada do ocorrido, e realizou um cerco em possíveis rotas de fuga da quadrilha. Na região de Presidente Castelo Branco, uma guarnição do Pelotão de Choque avistou os criminosos que estariam a princípio em duas caminhonetes.

A equipe policial deu ordem de parada, porém os indivíduos não obedeceram e fugiram sentido a uma estrada secundária. Os policiais foram no encalço, e durante o acompanhamento tático, o bando abandonou os veículos e correu em direção a um canavial. As buscas foram intensificadas no local, e dois homens entraram em confronto com os policiais, na tentativa de abordagem. Eles foram baleados e morreram na hora. Nas caminhonetes foram encontradas parte da mercadoria roubada do caminhão.

O cerco continua no local, já que a PM acredita que outros criminosos estão sendo homiziados na região. As polícias civil e científica, além do IML, já foram acionados para os procedimentos cabíveis.

Fonte: Plantão Maringá

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS