BPFron apreende diversos produtos contrabandeados no Oeste do estado; prejuízo aos contrabandistas é de mais de R$ 1,5 milhão

 

Policiais militares do Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron) fizeram diversas apreensões de contrabando no Oeste do estado, incluindo 600 caixas de cigarros, gerando um prejuízo de R$ 1,5 milhão aos contrabandistas. As ações policiais aconteceram entre sábado (11/01) e  domingo (12/01) na cidade de Guaíra.

 

Segundo informações do setor de Relações Públicas da unidade, na primeira situação, os policiais estavam em patrulhamento quando avistaram pessoas fazendo o transporte de diversos volumes às margens do Rio Paraná. Os suspeitos, ao perceber a equipe policial fugiram e não foram localizados.

 

Na embarcação foram localizados um veículo, 17 volumes de essência de narguilé, 15 armas de airsoft, 120 HD’s, um volume de acessório de airsoft e 360 receptores de televisão. Em continuidade, a equipe localizou em meio a mata, 13 volumes de agrotóxicos contrabandeados do Paraguai (PY). Todo o material apreendido foi encaminhado à Receita Federal de Guaíra.

 

Já na madrugada de domingo (12/01), os policiais atuantes na Operação Hórus apreenderam 600 caixas de cigarros contrabandeados durante patrulhamento de rotina no Lago de Itaipu. Após a ação dos policiais do Pelotão C.O.B.R.A, do Comando e Operações Especiais (COE), do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) e os Policiais Federais a apreensão gerou um prejuízo de R$ 1,5 milhões aos contrabandistas.

 

A Operação Hórus integra o Programa V.I.G.I.A., que é coordenado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública com o objetivo de coibir os crimes transnacionais. Ela é realizada de forma integrada pela Receita Federal do Brasil, Polícia Federal (PF), Batalhão de Polícia de Fronteira da Polícia Militar do Paraná (BPFron), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) e Tático Integrado de Grupos de Repressão Especial (Tigre) da Polícia Civil do Paraná, Força Nacional de Segurança Pública e Exército Brasileiro, com apoio da Secretaria de Operações Integradas (SEOPI) do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP).

Fonte: Polícia Militar do Paraná

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *