BPRv apreende mais de 30 quilos de cocaína pura em Guaratuba; droga vale mais de R$ 1 milhão

 

Uma fiscalização de trânsito frente ao Posto Rodoviário de Coroados, em Guaratuba, foi o suficiente para impedir a chegada de 32 quilos de cocaína na cidade nesta quinta-feira (20/02). Considerada a maior apreensão de cocaína do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) no Litoral nos últimos tempos, a droga vale mais de R$ 1 milhão e seria entregue Paranaguá. O motorista do carro onde estava a cocaína foi preso.

 

“Apreender uma carga dessa tem um papel muito significativo, pois quando a droga chega na cidade e se pulveriza é difícil de se combater, e na rodovia se houver fiscalização e abordagens qualquer veículo suspeito, além de documentação, são verificados porta malas, eventuais fundos falsos, entre outros, é o que o batalhão tem feito”, disse o Comandante do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), Tenente-Coronel Olavo Vianei Francischett Nunes.

 

Segundo o coordenador do Verão Maior pelo BPRv, tenente Cristiano Machado, a apreensão se deu após o motorista de um Ford/F1000 fugir da abordagem. “Ele seguiu por cerca de dois quilômetros até que foi contido e abordado. Logo na aproximação ao veículo os policiais perceberam que havia droga”, explicou.

 

“Acionamos nossa equipe do Canil para fazer uma busca mais detalhada com o cão de faro Hórus, para confirmar se não havia mais drogas escondidas em compartimentos ou fundos falsos do veículo”, complementou o tenente. Os 32 tabletes de cocaína estavam no porta malas. Segundo o tenente Machado, a droga é pó puro e poderia render cinco vezes mais. O motorista, de 31 anos, teria dito que pegou o carro com a droga em Joinville (SC) e receberia R$ 20 mil para levar até Paranaguá.

 

O tenente-coronel Vianei acredita que a apreensão, a maior do Verão Maior 2019/2020 até o momento e uma das mais importantes dos últimos tempos, é resultado de um planejamento feito para fazer tanto a fiscalização do trânsito quanto o combate aos crimes. “Os quase 100 policiais militares nos cinco postos que temos no Litoral, mais os 11 pontos base que temos em locais estratégicos, são aplicados com o objetivo de preservar a vida no trânsito e, também, ter um olhar muito forte para a segurança pública, ou seja, coibindo o crime que opera na rodovia o contrabando, o descaminho, o porte de armas, munições e principalmente a droga”, disse ainda o tenente-coronel Vianei.

 

INOVAÇÃO – Nesta temporada o BPRv reforçou as atividades em todas as áreas de fiscalização rodoviária. O policiamento foi complementado pela Rondas Ostensivas Tático Móvel (ROTAM) e do Canil da unidade, este último empregado em operações e vistorias em veículos, desde automóveis até ônibus intermunicipais. Para auxiliar as equipes policiais também está sendo empregado um drone no patrulhamento rodoviário.

Fonte: Polícia Rodoviária Militar do Paraná

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *