Comerciantes reclamam do consumo de drogas durante o dia em rua do Centro de Ponta Grossa

O consumo de drogas em plena luz do dia em uma rua do Centro de Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais do Paraná, tem preocupado comerciantes da cidade. Equipes da RPC flagraram venda e consumo de entorpecentes durante o dia na Rua Fernandes Pinheiro. Assista no vídeo acima.

A Polícia Militar (PM) informou que faz rondas no local e aborda pessoas todos os dias na via. Segundo a polícia, geralmente os suspeitos engolem a droga para escapar do flagrante e acabam passando mal.

Uma empresária que tem comércio na região e preferiu não ser identificada diz que o número de usuários tem aumentado ao longo dos anos.

Outra comerciante relatou que perdeu clientes por conta da insegurança na rua. Segundo ela, a situação piora durante a noite.

“Tem muitos clientes que não vêm porque têm medo. Medo de ser assaltado, medo de vim pra esse lado, aqui, sabe? Então, aqui tá meio deserto”, contou.

Acolhimento

Atualmente, o Centro de Atenção Psicossocial (Caps) faz o atendimento de 300 pacientes que estão em tratamento contra dependências químicas.

Na cidade, o Centro de Referencia Especializado de Assistência Social (Creas) também oferece ajuda para dependentes químicos em situação de rua. Os atendimentos são gratuitos e feitos no bairro Uvaranas.

Em alguns casos, o paciente fica internado por até 10 dias em uma enfermaria. No entanto, o Creas também faz o encaminhamento para o hospital ou comunidades terapêuticas.

A coordenadora do Caps, Fernanda de Moura Siqueira, afirmou que os atendimentos feitos na rede pública não necessitam de encaminhamento. De acordo com a coordenadora, o trabalho é voltado para a reabilitação psicossocial

Revitalização

A Prefeitura de Ponta Grossa informou que irá revitalizar a região da Rua Fernandes Pinheiro. Segundo a gestão, a obra deve ser concluída até outubro.

O Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano (Iplan) disse que pretende investir cerca de R$ 350 mil para a recuperação histórica da via.

Fonte: G1 Paraná – Norte e Noroeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *