Compradores entram na Justiça para pedir registro de imóveis após anúncio de recuperação judicial do Grupo Thá

Pelo menos 300 compradores que fecharam negócio com o Grupo Thá entraram na Justiça para garantir o direito de registrar o imóvel sem que conste na escritura a dívida da construtora entre a Thá e as instituições financeiras.

A dívida do Grupo Thá vem se estendendo há sete anos. Em outubro deste ano, a Justiça autorizou um pedido de recuperação judicial feito pelo grupo para reorganizar as finanças, honrar compromissos com os credores e evitar a falência.

Apesar da crise econômica, a empresa reiterou que todas as atividades estão sendo realizadas normalmente.

“A construtora não baixou a hipoteca, não pagou esse empréstimo com a Caixa Econômica e com o Banco do Brasil e, por este motivo, não outorga a escritura definitiva para os clientes”, disse o advogado Felipe Abrahão.

O advogado que foi designado para fiscalizar o processo de recuperação judicial, Marcelo Obladen Aguiar, afirmou que a negociação da empresa com os credores é uma boa notícia para os compradores que estão com a situação indefinida.

Alceu Nascimento, que é diretor jurídico da Thá, disse que os clientes não correm nenhum risco de perder os imóveis.

Fonte: G1 Paraná – Norte e Noroeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *