Confraternização entre bombeiros marca 26ª edição do Troféu Elite em Pontal do Paraná (PR)

A subárea de Pontal do Paraná foi a campeã do Troféu Elite 2020. A comemoração foi na manhã desta quarta-feira (19/02) com a 26ª edição do torneio que levou guarda-vidas da ativa e da reserva remunerada para as areias do Balneário de Santa Terezinha, em Pontal do Paraná (PR) para a disputa. Mais de 70 profissionais fizeram a circuito de corrida e natação.
Desde os integrantes mais modernos aos oficiais superiores, todos montaram equipes e se prepararam para a prova. Para o comandante do 8º Grupamento de Bombeiros (8º GB), major Jonas Emmanuel Benghi Pinto, mais do que troféu e medalhas, a celebração da atividade e dos guarda-vidas marca a reta final do Verão Maior 2019/2020.

 “A gente faz uma modalidade de competição mais para ter uma motivação, mas na verdade é um grande treino e uma grande confraternização já bastante tradicional. Todos os eventos que tivemos nesta temporada foram um sucesso, não tivemos alterações, todos bem estruturados e prestigiados”, disse.

 

Os exercícios da competição fazem parte do treinamento do guarda-vida e, durante o torneio, os competidores utilizaram equipamentos de salvamento aquático para aproximar a prova ainda mais da realidade de atendimento vivida pelos profissionais. O evento foi composto por uma prova de duathlon (corrida e natação) nas modalidades com pranchão, snorkel e sem equipamento.

Integrante da equipe da Subárea III (Guaratuba), o soldado Robson Ferreira Alves foi o primeiro a completar a prova na modalidade sem equipamentos. “Acredito que é de suma importância essa competição pois potencializa o salvamento e faz com que o pessoal se prepare durante a operação inteira para esse troféu elite, por isso que tem esse nome, pois é a elite do salvamento com os melhores competindo ombro a ombro, entre as 3 subáreas”, destacou.

 

Ele ainda reforça que os desafios esportivos incentivam a confraternização entre os bombeiros. “A gente fala que a competição gera esse sentimento para ganhar, mas a finalidade é encontrar os amigos, rever o pessoal que estamos a tempo sem ver, estar próximo a todos confraternizando, desde o mais antigo ao mais moderno, todo mundo na mesma brincadeira tentando chegar o mais próximo possível para ser o campeão do Troféu Elite”, disse.

O subtenente Valdecir Guardião da Silva estava motivado para a disputa. Ele e mais três colegas, todos da reserva remunerada, montaram uma equipe para o torneio e se sentiram acolhidos pelos bombeiros mais jovens. “Quando você recebe um convite desses, nunca diz não. Fico feliz pelo reconhecimento e recebemos a consideração da corporação. Muita honra estar aqui, incentivando a piazada que está chegando agora para que eles também sintam prazer e a vontade de vestir e honrar essa farda”, explicou o subtenente.

 

Fonte: Comunicação Social PMPR

Fonte: Corpo de Bombeiros do Paraná

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *