Curitiba bate novo recorde e registra 1.409 novos casos de covid-19 em 24 horas | Giro de Notícia

Curitiba bate novo recorde e registra 1.409 novos casos de covid-19 em 24 horas

banner principal

Curitiba registrou 1.409 novos casos de covid-19 nesta sexta-feira (20), são 28 casos a mais do que os 1.381 informados na quinta-feira (19). Esse é o maior número de infectados pelo novo coronavírus divulgado em 24h até o momento.

Nos últimos três dias, a capital registrou os maiores índices de infecção desde o início da pandemia. O que levou a prefeitura a aumentar o número de leitos disponíveis para pacientes com quadro de síndrome respiratória aguda grave.

Com os novos casos confirmados, 65.439 moradores de Curitiba já testaram positivo para a covid-19, dos quais 54.695 estão liberados do isolamento e sem sintomas da doença. Atualmente, são 9.131 casos ativos na cidade, ou seja, pessoas com potencial de transmissão do vírus.

Após declarar, em coletiva de imprensa nesta manhã, a possibilidade de Curitiba mudar para bandeira laranja, a Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba informou no fim da tarde que a capital permanecerá por pelo menos mais sete dias com a bandeira amarela.

Segundo a secretaria, entre os nove itens usados para o cálculo que define sob qual bandeira a cidade vai funcionar, os de capacidade de atendimento aos doentes (leitos de UTI e de enfermaria) têm o maior peso. Por isso, nesta sexta-feira (20) o município ativou 94 leitos para atender os pacientes de covid-19.

São 41 leitos de UTI SUS – seis no Hospital Vitória, dez no Hospital do Idoso, dez no Hospital Evangélico Mackenzie, dez no Hospital de Clínicas e cinco na Santa Casa. Os novos leitos de enfermaria estão distribuídos da seguinte maneira: cinco na Santa Casa, dez no Hospital de Clínicas e 38 no Hospital do Idoso.

Conforme boletim da Secretaria Municipal da Saúde, nas últimas 48 horas, onze pessoas morreram em decorrência da covid-19. As novas vítimas são seis homens e cinco mulheres, com idades entre 36 e 99 anos, com algum fator de risco para complicações da covid-19. Todos estavam internados.

Até o momento ocorreram 1.613 mortes na cidade provocadas pela covid-19.

Nesta sexta-feira a taxa de ocupação dos 324 leitos SUS exclusivos para covid-19 está em 76%. Todos os pacientes que são internados com quadro de síndrome respiratória aguda grave vão para os leitos exclusivos covid-19 e não apenas os casos confirmados da doença.

Fonte: RIC Mais

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS