Delegado Fernando Martins defende liberdade de pais optarem pela vacinação contra covid em menores | Giro de Notícia

Delegado Fernando Martins defende liberdade de pais optarem pela vacinação contra covid em menores

banner principal

O Deputado Delegado Fernando Martins (Republicanos), se manifestou novamente nesta segunda-feira (6) contrário à obrigatoriedade da vacinação contra covid-19 para crianças e adolescentes. A explanação veio após o deputado ter ciência de uma convocação da secretaria municipal de Saúde de Iporã, para pais e responsáveis participarem de uma reunião para tratar do tema.

Em documento enviado à secretaria municipal de Saúde, o deputado reiterou a liberdade de pais ou responsáveis na escolha pela vacinação ou não vacinação de crianças e adolescentes.

Segundo ele, a obrigatoriedade da vacina se contrapõe a Lei Estadual 21.015, de sua própria autoria, que assegura a plena liberdade e o direito de ir e vir em todo território do Estado do Paraná e veda qualquer exigência de documento, certidão, atestado, declaração ou passaporte sanitário.

“Nenhum paranaense pode ser obrigado a vacinar-se, incluindo crianças e adolescentes. Além da Lei Estadual, existe também decisões do Ministério da Saúde e do Supremo Tribunal Federal, que asseguram a total liberdade de escolha de cada pessoa”, afirmou Martins.

O deputado ainda alertou os pais para ficarem atentos sobre o tema. “Você que é pai ou responsável, fique atento! Não há a obrigatoriedade de vacinação das crianças e adolescentes no Estado do Paraná. Meu gabinete está a disposição para sanar possíveis dúvidas”, disse o deputado.

A previsão é que aconteça nesta segunda-feira às 19h, na Casa da Cultura de Iporã, uma reunião para tratar da obrigatoriedade da vacinação contra covid-19 em crianças e adolescentes.

(Assessoria)

Fonte: OBemdito

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS