Doador pode escolher hospital para a destinação do sangue no Hemocentro | Giro de Notícia

Doador pode escolher hospital para a destinação do sangue no Hemocentro

banner principal

Junho marca um período essencial para os hemocentros de todo o país: é quando a campanha de doação se intensifica, porque, por conta do inverno, as contribuições diminuem consideravelmente. Estabelecido por lei, o sangue doado deve ser destinado aos hospitais que possuem leitos do SUS, como é o caso dos hospitais Uopeccan, Nossa Senhora Aparecida, Cemil e Norospar.

Dessa forma, o doador voluntário pode fazer o cadastro pelo site disponibilizado pelo governo e, ao chegar ao local, informar que deseja que o sangue seja enviado ao hospital de sua preferência. Esse ato é importante, pois os pacientes em tratamento necessitam, em diversos momentos, como em cirurgias, de reposição de sangue.

Após a coleta, o sangue é fracionado de acordo com os hemocomponentes e destinado ao hospital conforme a demanda, como explica a chefe técnica do Hemocentro de Cascavel, Loriley Keila Rocha, “o médico faz a solicitação do hemocomponente que ele precisa.

No hospital, são feitas as provas cruzadas, para ver a compatibilidade. Estando tudo certo, o hemocomponente fica armazenado na agência transfusional do hospital”.

A agência transfusional funciona como um braço do hemocentro dentro do hospital. Na unidade, ela é coordenada pelo farmacêutico bioquímico oncológico Rafael Pereira Moya, que presta um serviço à instituição.

“Tendo o sangue armazenado o trabalho fica mais ágil, a amostra do paciente não sai do hospital, vai para a agência, que faz todos os testes e, quando necessário, disponibiliza para o paciente”, explica Rafael sobre a importância da agência.

Para doar, basta acessar o site da Secretaria de Saúde do Paraná clicando aqui e preencher as informações para agendamento.

Além do Junho Vermelho, no dia 14 é celebrado o Dia Mundial do Doador de Sangue, iniciado pela OMS (Organização Mundial de Saúde), a data serve não apenas para agradecer aqueles que doam, mas também para incentivar que outras pessoas contribuam com quem precisa.

Fonte: OBemdito

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS