Dólar opera em queda, abaixo de R$ 3,80, após BC estender atuação em swap

dólar opera em queda nesta sexta-feira (15), após o Banco Central anunciar que estenderá sua atuação no mercado, mesmo que com menor ímpeto do que fez nesta semana, trazendo mais alívio para os investidores diante da cena política e fiscal preocupante do país. A decisão veio depois da disparada da moeda na quinta, que fechou em alta de mais de 2%, a R$ 3,81.

Por volta de 10h50, a moeda norte-americana caía 0,51%, vendida a R$ 3,7917. Veja mais cotações.

Na quinta-feira, o dólar avançou 2,65%, a R$ 3,8111. Já o dólar turismo era negociado a R$ 3,97, sem considerar o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF).

BC atuará com mais US$ 10 bilhões

Na quinta, o Banco Central e o Tesouro Nacional anunciaram novas medidas com objetivo de reduzir a pressão sobre a cotação do dólar e dos juros futuros, além de uma norma do Conselho Monetário Nacional.

Uma semana após anunciar que atuaria “enquanto necessário” para prover liquidez a investidores, o BC informou que fará de 18 a 22 de junho oferta adicional de US$ 10 bilhões em contratos de swap cambial, equivalentes à venda da moeda no mercado futuro, e que não descarta ultrapassar consideravelmente os limites do que a autoridade monetária já fez no passado. O objetivo é controlar o avanço do dólar.

O Banco Central corre contra o tempo para cumprir sua promessa e injetar um volume bilionário de swap cambial no mercado até esta sexta-feira. Isso porque, há uma semana, o órgão informou que colocaria no sistema US$ 20 bilhões em contratos novos de swap, para além da oferta diária de US$ 750 milhões.

O BC reafirmou ainda que colocaria todo esse volume em swaps até esta sessão, que somava o equivalente a US$ 24,5 bilhões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *