Em Cianorte, prefeitura disponibiliza sete módulos habitacionais para o Caper | Giro de Notícia

Em Cianorte, prefeitura disponibiliza sete módulos habitacionais para o Caper

banner principal

Em mais uma grande ação social, visando o enfrentamento ao coronavírus, a Prefeitura de Cianorte, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, entregou, nessa terça-feira (04), para a Associação Beneficente Davi Muller, por meio do Serviço de Acolhimento Institucional, na modalidade Casa de Passagem, sete módulos habitacionais (containers), para o abrigo de moradores em situação de rua. Com recursos de R$ 275 mil, do Governo Federal, o projeto de isolamento temporário disponibilizará 15 vagas. A parceria visa o cofinanciamento de ações socioassistenciais ao enfrentamento da situação de emergência em decorrência do Covid-19, e tem como finalidade promover orientação, apoio, atendimento e proteção às famílias e indivíduos em situação de vulnerabilidade e risco social.

“Quero agradecer o prefeito, e a Secretaria de Assistência Social, por colocar o projeto em prática. Eles nos procuraram e expuseram a proposta de contratar esses containers para criação desses módulos habitacionais, que nos proporcionam a oportunidade de dar aos usuários melhores condições de vida durante essa pandemia”, agradeceu o coordenador voluntário da entidade, Pastor François Dantas. Nesse sentido, a secretária da pasta, Marlene Bataglia explicou que o serviço funciona como uma forma de triagem. “Quando os usuários chegam, eles não podem ser inseridos diretamente no Caper, pois há o risco de contaminação, caso haja infectados com o coronavírus. Somente depois de passado o período de quarentena, é que eles serão inseridos na unidade”, pontuou a secretária.

“Estamos vivendo experiências que jamais imaginávamos passar. Com essa pandemia, temos que nos reinventar. Quando tivemos acesso ao recurso, já procuramos uma forma de atender essas pessoas tão fragilizadas. Esse valor aplicado não pode ser considerado uma despesa, mas sim, um investimento nas pessoas. A Casa de Passagem, é uma unidade para acolhimento imediato e emergencial. É um serviço de acolhimento institucional para adultos e famílias, e tem por finalidade oferecer acolhimento provisório a pessoas com vínculos familiares rompidos ou fragilizados, em situação de rua”, explicou o prefeito Bongiorno.

Também participaram da ocasião a coordenadora da Proteção Social Especial, Milene Romagnoli; a coordenadora da Proteção Social Básica, Maria Zélia Pietraroia; a coordenadora da Gestão SUAS, Renata Peruci Ecks; a coordenadora do CREAS, Ana Cristina Arnaldi Silva; e o educador social, Gilmar da Silva Dias

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS