Faxineira encontra feto em lixeira de colégio estadual

Uma funcionária de um colégio estadual encontrou um feto dentro da lixeira do banheiro feminino, na manhã desta quinta-feira (16), em Marialva. Os investigadores da Polícia Civil foram até o local, encontraram uma calça no chão e constataram que uma aluna teve um aborto.

Depois de analisar as câmeras de segurança, os agentes interrogaram uma jovem, de 16 anos, que confessou ser responsável pelo feto. Aos policiais, ela alegou que teve um aborto espontâneo, que acontece sem a intervenção humana.

De acordo com o IML (Instituto Médico-Legal), o feto tinha três meses de gestação. A adolescente foi encaminhada para a Delegacia e, em seguida, levada para o hospital.

A Polícia Civil vai investigar o caso para confirmar se o aborto realmente foi espontâneo.

Massa News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *