Gabriel Diniz, cantor de ‘Jenifer’, morre em acidente de avião em Sergipe.

Um avião bimotor caiu em um mangue localizado no povoado Porto do Mato, em Estância (SE), na região Sul de Sergipe, no início da tarde desta segunda-feira (27). O Corpo de Bombeiros Militar já confirmou três corpos entre os destroços, o do cantor Gabriel Diniz, de 28 anos, nacionalmente conhecido pelo hit ‘Jeniffer’.

Através de nota, a assessoria de Gabriel Diniz confirmou a morte do cantor. “A Luan Promoções, familiares, fãs, amigos e equipe estão todos muito abalados com está triste notícia que pegou todos de surpresa nessa manhã, 27. Com muito pesar confirmamos a morte do Gabriel Diniz. O cantor estava em um bimotor que caiu no sul do estado de Sergipe no começo dessa tarde”.

Na noite deste domingo (26), ele havia feito um show em Feira de Santana (BA). GD, como era conhecido popularmente, morreu aos 28 anos e o alto-astral do artista foi lembrado também pela assessoria. “Sua alegria estará para sempre em nossos corações! Não deixaremos perder a sua irreverência jamais, você conquistou uma nação com o seu trabalho e carisma!”, finalizou a nota.

De acordo com uma moradora do local, o avião passou por cima da casa dela e caiu em seguida. Estrondos foram ouvidos na região. No local do acidente foram encontradas fotos de documentos de Gabriel Diniz.

AERONAVE IRREGULAR

A informação é que o avião ficou enterrado no mangue, local de difícil acesso, e na hora da queda chovia forte na região, o que dificultou, também, as buscas.

A queda do avião será investigada pelo Segundo Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos, com sede no Recife e que abrange o estado de Sergipe.

Segundo documentos achados no local do acidente ao lado do passaporte de Gabriel Diniz, a aeronave é um monomotor Piper prefixo PT-KLO, com capacidade para quatro lugares e registrado em nome do Aeroclube de Alagoas.

A aeronave, segundo o Registro Aeronáutico Brasileiro (RAB), da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), só pode ser usada para voos de instrução. Isso significa que não poderia ser utilizada para táxi aéreo, por exemplo.

De acordo com uma moradora do local, o avião passou por cima da casa dela e caiu em seguida. Estrondos foram ouvidos na região. No local do acidente foram encontradas fotos de documentos de Gabriel Diniz.

AERONAVE IRREGULAR

A informação é que o avião ficou enterrado no mangue, local de difícil acesso, e na hora da queda chovia forte na região, o que dificultou, também, as buscas.

A queda do avião será investigada pelo Segundo Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos, com sede no Recife e que abrange o estado de Sergipe.

Segundo documentos achados no local do acidente ao lado do passaporte de Gabriel Diniz, a aeronave é um monomotor Piper prefixo PT-KLO, com capacidade para quatro lugares e registrado em nome do Aeroclube de Alagoas.

A aeronave, segundo o Registro Aeronáutico Brasileiro (RAB), da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), só pode ser usada para voos de instrução. Isso significa que não poderia ser utilizada para táxi aéreo, por exemplo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *