Garoto morre após infecção por ameba ‘comedora de cérebro:CASO RARO | Giro de Notícia

Garoto morre após infecção por ameba ‘comedora de cérebro:CASO RARO

banner principal
Garoto morre após infecção por ameba 'comedora de cérebro'
Foto por Reprodução/Redes Sociais

Escrito por Da RedaçãoPublicado em 29.09.2021, 13:31:41 Editado em 29.09.2021, 13:31:57Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
https://39da345e73668ea3d0cc94abefdb545a.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

Um menino de 6 anos morreu após contrair uma rara ameba “comedora de cérebro” em um parque aquático no condado de Arlington, nos Estados Unidos. O óbito foi confirmado pelo Departamento de Saúde Pública de Arlington nesta segunda-feira (27). 

Segundo um comunicado à imprensa, o garoto foi internado no dia 5 de setembro com diagnóstico para meningoencefalite amebiana primária, uma infecção rara e fatal causada por uma ameba chamada Naegleria fowleri. 

Mesmo após ser hospitalizado, o quadro clínico do menino piorou e, no dia 11 de setembro, ele não resistiu à infecção. 

Segundo o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), a Naegleria fowleri é encontrada no solo e em água doce quente, como lagos, rios e fontes termais. O organismo também pode ser localizado em piscinas mal cuidadas ou sem cloro. 

Garoto morre após infecção por ameba 'comedora de cérebro'
Foto por Reprodução/Redes Sociais

Escrito por Da RedaçãoPublicado em 29.09.2021, 13:31:41 Editado em 29.09.2021, 13:31:57Associe sua marca ao jornalismo sério e de credibilidade, anuncie no TNOnline.

CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
https://39da345e73668ea3d0cc94abefdb545a.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

Um menino de 6 anos morreu após contrair uma rara ameba “comedora de cérebro” em um parque aquático no condado de Arlington, nos Estados Unidos. O óbito foi confirmado pelo Departamento de Saúde Pública de Arlington nesta segunda-feira (27). 

Segundo um comunicado à imprensa, o garoto foi internado no dia 5 de setembro com diagnóstico para meningoencefalite amebiana primária, uma infecção rara e fatal causada por uma ameba chamada Naegleria fowleri. 

Mesmo após ser hospitalizado, o quadro clínico do menino piorou e, no dia 11 de setembro, ele não resistiu à infecção. 

Segundo o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), a Naegleria fowleri é encontrada no solo e em água doce quente, como lagos, rios e fontes termais. O organismo também pode ser localizado em piscinas mal cuidadas ou sem cloro. 

O organismo infecta as pessoas quando a água que contém a ameba entra no corpo pelo nariz, de acordo com o CDC. A ameba Naegleria fowleri então sobe pelo nariz até o cérebro, onde destrói o tecido cerebral.

TNOnline

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS