Geada e frio intenso marcam início desta semana em Umuarama | Giro de Notícia

Geada e frio intenso marcam início desta semana em Umuarama

banner principal

Dando sequência ao dia mais frio do ano (domingo, 12), a madrugada e manhã desta segunda-feira (13) foi especialmente cruel a quem teve que acordar cedo na Capital da Amizade. Já de manhã, os termômetros registravam 6°C, com sensação térmica de 3°C, e ao longo do dia a temperatura deverá se manter entre 19°C e 3°C. Além do frio absurdo, também houve geada na cidade.

Segundo meteorologista Samuel Braun, da Simepar, o amanhecer foi bastante frio no Paraná. Entre o sudoeste, centro-sul e no sul da RMC temperaturas abaixo de 0°C. Menor valor, até as 07 horas, ocorreu em General Carneiro, com -3,5°C.

Início de semana ainda sob influência da massa de ar frio e seco (ar polar) no Paraná. Espera-se com isto, um amanhecer gelado, com formação de geadas em boa parte do Estado. Em relação às temperaturas, a tendência é de valores bem baixos em vários setores paranaenses (temperaturas negativas no sudoeste e no centro-sul).

Durante a manhã e tarde o sol predomina em todas as regiões. A partir do anoitecer volta a esfriar, mas no leste (RMC e litoral) há expectativa de formação de nuvens baixas/nevoeiros.

Na terça-feira (14) a temperatura começa a aumentar em Umuarama, e deverá se manter entre 21°C e 8°C, com tempo ensolarado. Na quarta (15), a máxima ficará em 26°C e a mínima 12°C, também com tempo ensolarado e sem previsão de chuva, de acordo com o Simepar (Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná).

Nesta terça-feira o ar frio segue atuando no Paraná. Amanhecer com temperaturas baixas (abaixo dos 10°C) em boa parte do Estado. Especialmente entre o sudoeste, sul e a região central ainda há condição para formação de geadas.

Em parte dos Campos Gerais e no leste (RMC e litoral) presença de nebulosidade durante boa parte do dia (sol deve aparecer entre nuvens), com garoa nas praias. No interior (oeste e noroeste paranaense) esquenta um pouco mais à tarde.

(Redação, com informações Simepar)

Fonte: OBemdito

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS