Golpista que se apresentou como policial para furtar caminhonete é preso

Um homem, suspeito de se passar por policial rodoviário federal para cometer crimes, foi preso dirigindo uma caminhonete furtada na BR-376, na divisa entre Paraná e Santa Catarina, na noite de segunda-feira (7).

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a equipe estava em ronda por Guaratuba quando viu a caminhonete furtada transitando sentido Santa Catarina. Já em Garuva (SC), no quilômetro 2 da BR-101, os policiais conseguiram deter o homem, que foi preso próximo à praça de pedágio.

O motorista, de 41 anos, é suspeito de ter furtado a caminhonete em uma loja de veículos em Apucarana na manhã de segunda-feira. Ele teria se apresentado como policial, dizendo que faria um teste com o carro e levaria para um mecânico, mas não voltou para a loja.

Uma mulher – servidora pública e moradora de Apucarana – estava com o suspeito durante o furto e disse ter conhecido o homem no final de setembro. Para a Polícia Civil, ela relatou que eles tinham começado um relacionamento amoroso e que ela também tinha sido vítima de um golpe.

Na foto do fundo de tela do celular apreendido com o homem durante a abordagem da PRF, ele aparece com uma camisa da corporação. Ele ainda tinha fotos com materiais de uma associação de policiais do Rio Grande do Sul, onde tem residência declarada.

O suspeito contou para a equipe que pretendia levar o veículo até Joinville, em Santa Catarina. A caminhonete foi recuperada e o homem foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Garuva. Ele deve responder por furto qualificado e identidade falsa.

fonte: PRF / REDE MASSA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *