Homem assassinado em barracão era ex-policial civil com passagens por vários crimes

Nesta segunda-feira (11), a delegada Thatiana Gunzella, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) conversou com a Rede Massa e deu detalhes sobre o assassinato de dois homens, mortos no último sábado (9). O crime aconteceu em um barracão às margens da BR-476, no trecho conhecido como Linha Verde, no bairro Tarumã.

De acordo com a delegada, a polícia acredita que um dos homens, identificado como Samir Skandar, era o alvo principal dos suspeitos. Skandar, de 63 anos, era ex-policial civil e tinha sido exonerado da corporação. O homem já tinha várias passagens pela polícia, por tráfico de drogas e esquemas envolvendo carros roubados.

O outro homem também tinha passagens pela polícia. A princípio, ele morava e trabalhava no barracão onde o crime aconteceu. O homem teria ido abrir o portão para que Skandar entrasse de carro. Neste momento, suspeitos em outro veículo chegaram atirando.

O ex-policial foi morto com aproximadamente 10 tiros. O outro homem foi atingido por três disparos. Ambos não resistiram aos ferimentos e morreram no terreno. Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba.

A motivação e identificação dos suspeitos do duplo assassinato não foram esclarecidos até o momento.

Fonte: Rede Massa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *