Homem atira em 3 pessoas, mata uma e termina morto em confronto com a PM

Um homem de 30 anos foi morto após atirar em três pessoas e entrar em confronto com a Polícia Militar em Maringá. O caso teve início da Zona 7 e terminou no Jardim Alvorada, na madrugada desta terça-feira (21). Das três vítimas do atirador, uma morreu.

Segundo os policias, Ronie Cosmo Licurgo, de 30 anos, atirou nas vítimas durante um ‘ataque de fúria’. Ele usava um revólver calibre 32. De acordo com as investigações, Ronie matou uma das vítimas a tiros e feriu outros dois homens, em localidades diferentes de Maringá.

Uma das pessoas baleadas morreu no local. As outras duas vítimas foram encaminhadas para o Hospital Universitário em estado grave. O atirador ainda cometeu um roubo na avenida Colombo antes de ser morto.

De acordo com a PM, a equipe recebeu informações de que o suspeito estaria andando na região do Jardim Alvorada. Policiais passaram a realizar patrulhamento e o homem foi localizado na avenida Pedro Taques. A equipe iria realizar a abordagem, porém ele tentou sacar a arma.

Os policiais então fizeram um disparo na perna do suspeito. Mesmo ferido ele saiu correndo. No cruzamento das ruas Louis Pasteur e Shibazaburo Kitazato, o suspeito voltou a apontar a arma para os policiais, que efetuaram mais um disparo que atingiu Ronie. O atirador não resistiu e morreu no local. Com ele a PM localizou a arma utilizada no crime.

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) ficará responsável pelas investigações do caso. Informações preliminares são de que o homem teria passado e atirado nas vítimas aleatoriamente, sem falar nada.

Ronie também era suspeito de atirar em um homem na avenida Colombo, na madrugada de segunda-feira (20). Ele contava com uma extensa ficha criminal (tráfico, roubo, furto) e usava tornozeleira eletrônica.

Para conferir mais notícias do site Plantão Maringá clique aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *