Inscrições para o programa Paraná Anjo Inovador encerram nesta segunda-feira | Giro de Notícia

Inscrições para o programa Paraná Anjo Inovador encerram nesta segunda-feira

banner principal
Inscrições para o programa Paraná Anjo Inovador encerram nesta segunda-feira Foto: SEI

As inscrições para o novo edital de chamamento público do Paraná Anjo Inovador se encerram nesta segunda-feira (27). A ação é o maior programa de incentivo financeiro público a startups do Brasil e é desenvolvida pelo Governo do Paraná, por meio da Secretaria da Inovação, Modernização e Transformação Digital (SEI).

Neste segundo edital serão destinados R$ 20 milhões em subsídio para até 80 empresas paranaenses, enquadradas por lei como startups. Cada empresa selecionada poderá receber um aporte de até R$ 250 mil para o desenvolvimento de produtos, serviços e processos inovadores. As inscrições podem ser feitas no formulário disponível no site da SEI.

O benefício será destinado a projetos com os seguintes temas: Cidades Inteligentes; Esportes; Inovação Social; Educação Inclusiva; Apoio à Inovação para Micro e Pequenas Empresas; Combate às Mudanças Climáticas; Segurança Alimentar; e Agricultura Sustentável.

Games e softwares: startups apoiadas pelo Estado inovam em sistemas de educação

As condições para seleção estão disponíveis no edital. Elas incluem: ter sede no Paraná, registro ativo na Junta Comercial do Estado, objeto social que contemple atividade compatível com o desenvolvimento da proposta de projeto, contrapartida financeira no limite mínimo de 5%, adimplência, e ter receita bruta de até R$ 16 milhões no ano-calendário anterior.

O primeiro edital, lançado em 2023, selecionou 68 startups para apoiar projetos voltados para inovação e novas soluções. Somando as duas fases, o Governo do Estado irá investir quase R$ 40 milhões por meio do programa, visando o avanço da modernização do Paraná e o desenvolvimento de soluções de interesse público alinhadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Organização das Nações Unidas (ONU).

Fonte: Agencia Estadual de Noticias

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS