Jovem de 22 anos se apresenta e assume ser o autor dos disparo que matou Ingrid | Giro de Notícia

Jovem de 22 anos se apresenta e assume ser o autor dos disparo que matou Ingrid

banner principal

O crime que deixou perplexo toda a cidade de Cianorte, ocorreu no último sábado, o jovem alegou que a confusão começou após a vitima ter esbarrado em sua atual namorada, que deu inicio a provocações que culminarão em agressões físicas.

Leandro da silva de 22 anos é morador do Distrito de Vidigal, ele se apresentou acompanhado de um advogado, na quinta-feira (09), assumindo ser o autor dos disparos que tirou a vida de Ingrid Santos Nascimento de 20 anos, o crime ocorreu no sábado (04).

No depoimento, prestado na 21ª Subdivisão Policial de Cianorte, o jovem afirmou que tudo teve inicio quando sua namorada sofreu um esbarrão da vítima, ela estava acompanhada de sua ex-namorada. Com isso teve inicio algumas provocações que mais tarde se tornou em agressões físicas. Ele afirmou que tanto ele como sua namorada teriam sofrido os ataques por parte da vitima. 

A confusão foi apartada por pessoas que estavam no local, uma lanchonete na Avenida Brasil, na região central de Cianorte. Os envolvidos teriam saído do local, voltando algum tempo depois, e segundo ele, Ingrid, novamente teria partido contra ele, tentando mais uma vez agredir sua namorada. Inclusive teria desferido um soco em seu olho. Nesse momento Leandro sacou a arma,um revolver calibre 32, que trazia na cintura, e efetuou cinco ou seis disparos contra a vítima.

Fugindo em seguida, a pé em direção a pista de caminhada, onde teria pulado o alambrado e se escondido em meio a mata no cinturão verde. Ele diz que perdeu a arma nesse local, e permaneceu ali escondido até a madrugada.

O delegado adjunto Dr. Carlos Gabriel Stecca, disse que após ser interrogado, Leandro foi liberado, uma vez que ainda não havia um mandado de prisão expedido em seu desfavor, e já não se encontrava mais em situação de flagrante.

Ingrid foi atingida por três disparos, um deles atingiu sua mão esquerda, provavelmente na tentativa de se proteger, pois a perfuração atravessou a mão e acertou também o braço esquerdo, outro tiro atingiu a região do abdômen, e um terceiro disparo, provavelmente quando a vitima já tentava fugir, atingiu suas costas, esse pode ter sido a perfuração fatal que acabou atingindo o coração, causando a morte instantânea da jovem.

Fonte: Portal da Cidade Cianorte

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS