Madrugada com morte em confronto e prisões por disparo de pistola no distrito de Lovat | Giro de Notícia

Madrugada com morte em confronto e prisões por disparo de pistola no distrito de Lovat

banner principal

A madrugada deste domingo (5) foi de forte movimentação policial em Lovat, a 14 quilômetros de Umuarama. Logo depois da morte de um suspeito de roubo de caminhonetes e residências ser moto ao resistir à prisão, dois homens foram presos por disparos de arma de fogo em uma propriedade rural do distrito.

A ação se deu por volta de 1h40min. Dois adultos, de 31 e 24 anos, foram encontrados com uma pistola calibre 9 milímetros, 11 munições intactas e outras 4 deflagradas. Assim que perceberam a chegada da polícia, os homens tentaram fugir em alta velocidade em um carro.

De acordo com a PM, nada de ilícito foi encontrado com a dupla, exceto o armamento, que estava no interior do veículo. O homem de 31 anos confirmou que a arma era de sua propriedade e disse ter ido à chácara para fazer a segurança do amigo de 24 anos após ter ouvido disparos nas redondezas. Temia que fosse alguém querendo fazer mal ao amigo, que teria rixa com vizinhos.

Diante dos fatos, os dois foram entregues juntamente com a arma de fogo e as munições na Delegacia de Polícia Civil de Umuarama.

Um homem de 43 anos, suspeito de fazer parte de uma quadrilha de roubos de caminhonetes e residências em Umuarama, morreu ao entrar em confronto com a Polícia Militar na madrugada deste domingo (5), no distrito de Lovat.

O homem, conforme a PM, era um dos alvos da operação Aires, deflagrada na última quarta-feira, e já tinha mandado de prisão contra ele. Naquele momento, o suspeito não foi encontrado no local de abordagem, mas o setor de inteligência da polícia seguiu com as buscas até encontrá-lo em Lovat.

De acordo com a PM, o homem estava de posse de uma pistola calibre 22 e oito munições intactas, tudo de forma ilegal. Ele entrava em um salão quando recebeu ordem de prisão. Foi quando apontou a arma em direção à aos policiais, que então efetuaram os disparos.

Equipes do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), da Polícia Civil e da Polícia Científica estiveram no local. O corpo foi encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal de Umuarama).

Fonte: OBemdito

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS