Maníaco suspeito de matar servidor que tentou defender a namorada de estupro é preso | Giro de Notícia

Maníaco suspeito de matar servidor que tentou defender a namorada de estupro é preso

banner principal

A Polícia Civil prendeu neste sábado (18) o suspeito de matar o servidor público municipal, Guilherme Ambrosini, de 32 anos, após ele reagir para defender a namorada de uma tentativa de estupro.

O servidor público municipal foi encontrado morto dentro do seu carro no domingo passado, por volta da 1h da madrugada, na Rua José Fraron, no bairro Fraron, em Pato Branco.

A polícia informou que o homem foi localizado por um cão farejador em uma área de mata do município. Ao perceber a chegada da equipe, o suspeito tentou fugir e foi baleado por policiais.

Ele foi socorrido pela polícia e conduzido a um hospital da cidade onde está sob escolta policial. O estado de saúde dele não foi divulgado.

Antes de ser capturado pela polícia, o criminoso passou dias escondido em uma área de mata de difícil acesso em Clevelândia.

Na sexta-feira (17), ele trocou tiros com a policia e acabou ferido. Em alguns locais, segundo a delegada de Polícia Civil de Pato Branco, Franciela Alberton, ele parou para pedir água e comida e na madrugada de sábado invadiu uma casa para trocar de roupas.

O suspeito foi achado com ajuda de um cão farejador. A arma utilizada para matar Guilherme não foi encontrada. A delegada informou que o mesmo suspeito pode ter cometido outros dois crimes na cidade neste ano.

Os três crimes têm em comum a forma com que ele agia. Nos três casos houve crime de estupro, conforme a delegada Franciela. O  homem é procurado desde março quando rompeu a tornozeleira eletrônica. Ela informou que ele responde por homicídio, roubo e estupro e que é de Curitiba. (Informações do G1 PR)

Fonte: OBemdito

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS