Marido agride a mulher com soco na boca após chegar embriagado em casa | Giro de Notícia

Marido agride a mulher com soco na boca após chegar embriagado em casa

banner principal

A Polícia Militar foi acionada, na noite de quarta-feira (29) para madrugada de quinta-feira (30), para atender a uma ocorrência de violência doméstica no município de Mariluz. A informação é de que uma mulher teria sido agredida com tapas no rosto, puxões de cabelo e um soco na boca pelo marido, que chegou em casa bêbado.

De acordo com o relato da mulher, seu marido – com quem ela convive há cerca de 6 anos – saiu de casa por volta as 18h dizendo que iria caçar. O homem retornou então por volta das 23h30 com outros três amigos, todos aparentemente embriagados e fazendo muito barulho.

A mulher pediu ao esposo que eles fossem para outro lugar pois a mesma precisava dormir, pois acorda todos os dias às 02h da manhã para ir trabalhar, além de que a filha do casal não conseguia dormir devido ao barulho das pessoas.

Foi então que, ao ir ao banheiro, a mulher foi seguida por seu esposo, que começou a agredi-la com tapas no rosto e puxões de cabelo. Quando ela conseguiu se livrar e correr até o quarto do casal, seu agressor a seguiu e lhe deu um soco na boca, que lhe gerou uma lesão com corte no lábio.

Quando chegaram, os policiais encontraram o homem dentro da casa, visivelmente embriagado, com forte hálito etílico, comportamento alterado e bastante agressivo. Ele recebeu voz de prisão e foi encaminhado para dar prosseguimento às medidas cabíveis.

A Lei 11340/06 | Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006, também chamada de Lei Maria da Penha, determina como agravante casos onde a agressão ocorre dentro do ambiente doméstico. Nesses casos, a pena – caso a pessoa seja condenada – é de três meses a três anos de reclusão.

Em situação que o agressor seja uma ameaça à integridade ou a vida da vítima, é determinado o afastamento imediato do lar em que convive com a pessoa ofendida.

Fonte: OBemdito

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS