Médicos lançam manifesto por medidas mais duras de isolamento social em Cascavel

Os médicos de Cascavel lançaram um manifesto pedindo medidas mais duras de isolamento social para conter o avanço de Covid-19 na cidade.
Cinco médicos que compõem o quadro clínico do Hospital Universitário do HU assinam o texto.
Veja o manifesto na íntegra:
“Nós, médicos que coordenam a equipe que atua no atendimento aos pacientes com COVID-19 no Hospital Universitário do Oeste do Paraná, vimos manifestar publicamente, à população de Cascavel e região, nossa preocupação com os rumos que a epidemia tem ocorrido nos últimos dias e semanas em nossa região.
Nossa equipe multiprofissional (composta de médicos, enfermagem, fisioterapeutas e vários outros profissionais de saúde) e toda a estrutura funcional e administrativa do HUOP tem se empenhado arduamente na preparação e, finalmente, no atendimento a esses pacientes. Somos testemunhas do heroico esforço que nossa equipe tem feito para poder promover uma assistência de qualidade e com a segurança que a situação exige.
No entanto, nos últimos dias claramente nossa batalha tem ficado ainda mais difícil, já que o número de casos vem aumentando de maneira impressionante. Temos um grande temor de chegarmos a níveis caóticos como os que devastam atualmente o sistema de saúde das grandes cidades brasileiras atingidas pela pandemia.
Portanto, julgamos e acreditamos ser um imperativo ético, baseado nos princípios bioéticos da beneficência e da justiça social, o alerta em forma de manifesto para a população e para as instituições de realizarem, estimularem e, se necessário, fiscalizarem o cumprimento do isolamento social.”
Segundo boletim divulgado pela Sesa Cascavel contabilizou mais 12 casos confirmados da doença neste domingo.
Para o secretário de saúde da cidade é fundamental que as pessoas entendam a importância do isolamento social e do uso de máscaras, “Espero que o povo acredite nos médicos e fique em casa, pois já estamos avisando há muito tempo” relatou Thiago Stefanello.
248 cidades paranaenses têm ao menos um caso confirmado pela Covid-19. Em 72 há registro de óbitos pela doença.
Toledo, município há menos de 50 quilômetros de Cascavel registrou neste domingo a primeira morte por Covid -19.
Do total de 1.781 leitos SUS exclusivos covid-19 que a Sesa mantém em todo o Paraná, 572 estão ocupados por pacientes com suspeita ou confirmação de contaminação pelo novo Coronavírus.

Fonte: Catve – Cascavel e Região

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *