Mulher afirma ter sido estuprada, agredida e abandonada na zona rural em Maringá | Giro de Notícia

Mulher afirma ter sido estuprada, agredida e abandonada na zona rural em Maringá

banner principal

Uma mulher de 42 anos foi agredida e estuprada e teve o celular roubado por um homem na área rural entre Maringá e Mandaguaçu, no início da manhã desta quinta-feira (02/06). A vítima foi encontrada por populares e encaminhada ao Hospital Universitário de Maringá. 

Segundo o Boletim de Ocorrência, uma equipe da Guarda Civil Municipal foi acionada no hospital e conversou com a vítima. A mulher contou aos agentes, que está ficando no albergue e hoje por volta das 6hs saiu para trabalhar como diarista em uma residência na Zona 7. 

Durante o trajeto um homem em um veículo (Pampa ou Saveiro), passou e ofereceu carona. A mulher entrou no automóvel e os dois seguiram em direção a Zona 7. Porém, durante o trajeto o homem mudo o percurso, e seguiu sentido Mandaguaçu. 

No caminho, segundo a vítima, o motorista passou a xingá-la e continuou dirigindo até uma mata, onde ele praticou violência sexual e agrediu a vítima com socos e chutes. Antes de fugir, o agressor roubou o celular e urinou sobre o corpo da mulher.  

Ainda de acordo com o Boletim de Ocorrência, existe a suspeita da vítima ter fraturado o braço. O instituto Médico Legal (IML), realizou exames para comprovar o estupro.

 

Fonte: Plantão Maringá

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS