Novembro terá sobe-desce na gasolina, no gás e na luz elétrica

O mês de novembro será marcado por ‘ajustes’ nos valores das contas de luz e nos combustíveis. Isso porque a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou na última sexta-feira (26) que mudará a bandeira tarifária para amarela, o que significa que a conta de luz ficará mais barata. No entanto, o Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) atualizou a tabela dos preços dos combustíveis nesta segunda-feira (29), o que faz com que a gasolina e o óleo Diesel subam neste mês. O preço do gás não sofrerá alteração.

Luz

Há cinco meses em bandeira vermelha, o que deixa a conta em seu nível mais alto, novembro terá bandeira tarifária amarela. Enquanto no patamar mais alto o preço de 100 kWh é de R$ 5, na amarela o valor cai para R$ 1 para a mesma quantidade de energia.

A justificativa para a redução na cobrança está no início do período de chuvas. Segundo a Aneel, apesar de os reservatórios ainda estarem com níveis reduzidos, a agência acredita que com o início da estação chuvosa haja elevação gradual no nível de produção de energia pelas usinas hidrelétricas.

Combustíveis

O preço médio ponderado ao consumidor final (PMPF) aumentou em 13 estados, incluindo o Paraná. O PMPF serve de base para o cálculo do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Com a atualização, o preço do litro da gasolina deve saltar, no estado, para valores na faixa de R$ 4,30. A previsão para o valor do litro do Diesel é de R$ 3,12.

Gás

Apesar das alterações feitas na PMPF, no Paraná o gás GLP não sofrerá modificações. Assim, os preços praticados no botijão no estado não será reajustado.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top