Operação Sicarium prende quadrilha infiltrada em movimentos de reforma agrária

A Polícia Civil do Paraná deflagrou na manhã desta quinta-feira (16) uma megaoperação na zona rural de Quedas do Iguaçu, e em outras quatro cidades.

A ação ocorreu nos assentamento em Rio Bonito do Iguaçu, Saudade do Iguaçu, Pato Branco e Itapejara do Oeste, para prender integrantes de um quadrilha infiltrada em movimentos sociais de reforma agrária.

A ação tem apoio 100 policiais das Polícias Civil e Militar de Quedas do Iguaçu, além de equipes do GDE (Grupo de Diligências Especiais) e da Polícia Militar de Cascavel, Laranjeiras, Guarapuava e Pato Branco. O Cope (Centro de Operações Policiais Especiais) e o GOA (Grupo de Operações Aéreas) de Curitiba também estiveram envolvidos.

Segundo a PM, um militar de Quedas do Iguaçu foi baleado no ombro em um confronto no início da manhã. Ele foi atendido e passa bem. O policial foi identificado como Matachinki.

A Operação Sicarium foi deflagrada após mais de um ano de investigações, segundo o Delegado-chefe Helder Lauria, da 2ª SDP (Subdivisão Policial) de Laranjeiras. Sete armas e objetos furtados foram apreendidos nos locais

Segundo informações, devem ser cumpridos 19 mandados de prisão preventiva, e 23 de busca e apreensão, por crimes como homicídio, furto e e assaltos.

ATUALIZAÇÃO

Ao todo, 25 pessoas foram presas preventivamente em flagrante na ação, inclusive o ex-prefeito de Saudade do Iguaçu, Luiz Giacomini. Sete armas de fogo foram apreendidas, além de diversos itens produtos de furto.

Redação Catve