Padrasto é preso suspeito de estuprar enteada de 4 anos enquanto namorada dormia

Um auxiliar de serviços gerais de 24 anos foi preso na manhã deste sábado suspeito de estuprar a enteada, de 4 anos, enquanto a namorada dormia, em Piracanjuba, no sul do estado. O crime só foi denunciado à Polícia Civil após a criança reclamar de dores nas partes íntimas. Em depoimento, o rapaz confessou o crime.

O suspeito mantinha um relacionamento há três meses com a mãe da vítima. Segundo os relatos da criança, aconteceram pelo menos cinco abusos durante esse período. Porém, a denúncia foi feita há 20 dias, quando a menina começou a sentir dores para urinar.

“Os abusos aconteciam quando a mãe da criança estavam dormindo. Ele chegava tarde e ia até o quarto da enteada. A menina nunca comentou nada com a mãe, que a princípio não sabia dos abusos”, explicou o delegado Leylton Barros.

Quando a vítima relatou as dores ao urinar, foram feitos exames, que comprovaram que, apesar de não haver conjunção carnal, a menina tinha sido de abusos sexuais. “Diante disso, a criança foi tirada de casa e colocada para morar com a avó”, completou o delegado.

O auxiliar de serviços gerais foi preso na casa de parentes, na zona rural da cidade. Ele vai responder por estupro de vulnerável. O jovem foi encaminhado para o presídio de Piracanjuba.

(G1 Goiás)

(Fonte: Umuaramanews.com.br)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top