Polícia Ambiental resgata aves silvestre em Tuneiras do Oeste

Na presente data (03-07) policiais militares ambientais pertencentes ao pelotão de Cianorte deslocaram até a cidade de Tuneiras do Oeste, para dar atendimento em várias denúncias de pássaros da fauna silvestre mantidos em cativeiro. No local foi constatado a veracidade das informações e localizado em quatro residência diversos pássaros da fauna silvestre mantidos irregularmente em cativeiro, tais como: Papagaio, maritacas, trinca ferro, coleirinhas “papa capim ” sábia, sangrinho e canários da terra.

Diante do crime ambiental constatado no artigo 29 da Lei de Crimes Ambientais, cuja pena é de seis meses a um ano, sendo então lavrado Termo Circunstanciado de infração penal para todos os envolvidos, sendo todos os pássaros e gaiolas apreendidos e posteriormente encaminhados para o Escritório Regional do IAP de Cianorte e após análise de biólogo e veterinários, os animais considerados aptos para soltura serão reintegrados em seu habitat natural. Lembrando que em Cianorte NÃO HÁ UM CETAS – Centro de Reabilitação de Animais Silvestres, essencial para casos em que os animais não aptos possam ser tratados adequadamente.

Os responsáveis também serão autuados administrativamente pelo Instituto Ambiental do Paraná (imposição de multa) Cujo valor é de R$ 500.00 por ave.

Resultados obtidos;

Encaminhamento de 4 pessoas adultas para lavratura de termo circunstanciado de infração penal;

Apreensão de 01 papagaio;

Apreensão de 02 maritacas;

Apreensão de 11 coleirinhas ” Papa Capim “;

Apreensão de um sangrinho;

Apreensão de 01 de um sabiá barranqueira

Apreensão de 02 trinca ferro

Apreensão de 21 gaiolas e um alçapão;

Encaminhamento de ofício para o Instituto ambiental do Paraná solicitando providências de âmbito administrativo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *