Por causa do coronavírus, UEM e Unespar suspendem aulas | Giro de Notícia

Por causa do coronavírus, UEM e Unespar suspendem aulas

banner principal

A Universidade Estadual de Maringá (UEM) e a Universidade Estadual do Paraná (Unespar) suspenderam as aulas presenciais por tempo indeterminado para evitar uma possível proliferação de casos do coronavírus.

No Paraná há 80 casos suspeitos da doença, de acordo com o Ministério da Saúde. O número de confirmações, no entanto, se mantém o mesmo: seis, sendo cinco deles em Curitiba e um em Cianorte, na região noroeste do estado.

UEM

Na UEM, como as aulas dos cursos de graduação deste ano não começaram, conforme o calendário acadêmico o ano letivo só retorna no dia 4 de abril, apenas os estudantes de pós-graduação serão atingidos pela medida.

De acordo com a universidade, 3.700 pessoas terão as atividades acadêmicas suspensas a partir desta segunda-feira (16).

A universidade também suspendeu todo e qualquer tipo de evento com reunião de pessoas. Um comitê de crise foi criado para avaliar diariamente como a doença está evoluindo.

    UFPR e UTFPR suspendem aulas por conta do coronavírusUEPG antecipa recessos por causa do coronavírus, e alunos ficam sem aulas por duas semanas

Unespar

Já a Unespar decidiu suspender as aulas da graduação e da pós-graduação em todos os campi universitários a partir desta terça-feira (17). A medida deve impactar mais de 12 mil estudantes.

Assim como na UEM, eventos, simpósios, colações de grau, cursos e outras atividades com aglomerações de pessoas também foram suspensos. Apenas atividades administrativas estão mantidas na instituição.

Nas duas universidades estaduais não há data definida para o retorno das ações.

    Governo do Paraná e Prefeitura de Curitiba atendem moradores com dúvidas sobre novo coronavírus por telefoneCoronavírus: veja perguntas e respostas

Fonte: G1 Paraná – Norte e Noroeste

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS