Prefeito eleito de Ivaté está entre os presos pela Polícia Federal em operação | Giro de Notícia

Prefeito eleito de Ivaté está entre os presos pela Polícia Federal em operação

banner principal

O prefeito eleito de Ivaté, Denilson Prevital (MDB) está entre os presos da operação Zephyros, desencadeada na manhã desta terça-feira (1) pela Polícia Federal. Outras duas pessoas da cidade também foram levadas pelos policiais. 

De acordo com a assessoria da PF em Maringá, a operação desarticulou três organizações criminosas que agiam no contrabando de cigarros e agrotóxicos no noroeste do Estado. As organizações agiam de forma autônoma, mas compartilhavam informações entre si.

Todo o material que contrabandeavam vinha do Paraguai, através de navegação pelo rio Paraná. Parte do material apreendido estava em porto clandestino às margens do rio. 

Cerca de 80 policiais federais cumpriram 12 mandados de busca e apreensão e 3 mandados de prisão preventiva, expedidos pela 1ª Vara da Justiça Federal de Umuarama.

O grupo criminoso, conforme a Polícia Federal, era baseado principalmente em Ivaté e Umuarama, e tinha como principal destino a região metropolitana de Curitiba e outros estados brasileiros.

A atividade delituosa gerou a obtenção de farto patrimônio, principalmente em propriedades rurais, o que levou a várias medidas judiciais de sequestro de bens. Um administrador judicial foi nomeado para gerir uma grande criação de gado na fazenda de um dos presos.

Ao longo da operação, foram realizadas sete ações em flagrante, que culminaram na apreensão de aproximadamente 1.200 caixas de cigarros ilegais, 900 quilos de agrotóxicos de origem estrangeira e de 3.529 quilos de maconha, esta última apreendida em um dos portos clandestinos utilizados pelo grupo.

Além de Ivaté e Umuarama, também foram feitas buscas nas cidades de Icaraíma, Nova Olímpia, Foz do Iguaçu e Maringá.

O delegado chefe da Polícia Federal de Maringá, Luiz César Busto, disse que as investigações vão continuar. “Com isso, a gente consegue desarticular a parte logística, operacional e financeira dessa organização criminosa”. 

Denilson Prevital foi eleito no último dia 15 de novembro com 2.560 votos (56,31%). Em segundo lugar ficou o candidato Dorival, do PSL, com 1.208 votos (26,57%); e em terceiro, João Carlos, com 778 votos (17,1%).

OBemdito está tentando contato com a defesa de Prevital. 

Fonte: OBemdito

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS