Rumo ao futebol gaúcho, Silvio encerra passagem pelo Londrina após 10 temporadas

O zagueiro Silvio encerrou a sua passagem pelo Londrina após 10 temporadas defendendo a camisa alviceleste. O jogador de 31 anos foi anunciado nesta quarta-feira pelo São Luiz-RS, que vai disputar o Campeonato Gaúcho a partir de janeiro.

No último sábado, após a vitória sobre o Guarani, Silvio ficou no banco de reservas e fez a sua despedida pelo Londrina. Uma história que começou em 2009 e, entre poucas idas e vindas, seguiu até este ano. A tristeza ficou apenas por conta do rebaixamento do Tubarão para a Série C do Brasileiro – queda que o clube tenta reverter agora no STJD.

– Estou me despedindo. O coração agradecido ao Londrina, à cidade de Londrina, aqui fui muito bem recebido, amado por muitas pessoas, respeitado pela maioria. Não era a despedida que eu queria, mas a história é muito maior que um rebaixamento. A gente conseguiu tirar o Londrina de uma situação difícil e devolver a dignidade do clube. Saio amando o clube. Dividi com o Londrina um terço da minha vida – disse, emocionado, em entrevista coletiva no sábado.

Silvio passou pela primeira vez pelo Londrina em 2009, disputando a Série D do Brasileiro naquele ano. Ele retornou em 2011, com o time na Divisão de Acesso do Paranaense, e esteve presente em todos os anos seguintes. Saiu apenas ao longo de 2011 e 2012 para ser emprestado para Paraná, Bragantino e Ipatinga, quando o Tubarão não tinha calendário completo.

Ao todo, o zagueiro disputou 214 jogos pelo Londrina e acumulou feitos marcantes ao longo do anos. Em 2011, ele fez o gol do acesso do Tubarão para a primeira divisão do Campeonato Paranaense. Ainda como volante, foi titular na campanha do título estadual, em 2014.

A mudança para a zaga foi após o Paranaense, com o então técnico Claudio Tencati. Na nova posição, Silvio firmou um lugar na equipe e teve bom desempenho nos acessos à Série C, em 2014, e à Série B, em 2015.

Apesar de perder espaço como titular nos últimos anos, principalmente por conta de algumas lesões, ele continuou ganhando algumas chances. Em 2019, foram 27 partidas disputadas, 26 como titular. Na Série B foram 12 jogos, o último deles contra o Criciúma, pela 35ª rodada.

Silvio agradeceu aos profissionais de imprensa, aos amigos que fez na cidade e também aos companheiros que atuaram com ele ao longo do anos. Ele agradeceu também ao gestor do Londrina, Sergio Malucelli, com quem trabalha desde os 16 anos, ainda pelo Iraty.

– Agradecer, do fundo do coração, a todos vocês que conviveram comigo. Meu abraço a todos. Hoje encerro o meu ciclo como atleta, mas a partir de hoje, não que não fosse, mas agora sou mais um torcedor do Londrina. Saio amando o clube. Dividi com o Londrina um terço da minha vida, agradecido a Deus pelo privilégio de estar aqui – agradeceu o jogador.

A saída de Silvio faz parte de uma reformulação que o elenco do Londrina deve passar para 2020. Poucos nomes devem continuar para a próxima temporada, como o lateral-direito Raí Ramos, o zagueiro Augusto e o volante Anderson Leite.

Em 2020, o Londrina disputará o Campeonato Paranaense, a Copa do Brasil e a Série C do Brasileiro na próxima temporada. A estreia do Tubarão será contra o PSTC, em 19 de janeiro, às 16h, no Café, pelo estadual – confira a tabela.

Fonte: G1 Paraná – Norte e Noroeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *