Umuarama: Trabalho dos agentes de trânsito foca a orientação dos condutores, informa Sestram | Giro de Notícia

Umuarama: Trabalho dos agentes de trânsito foca a orientação dos condutores, informa Sestram

banner principal

Cinquenta dias após o início das atividades de campo, os agentes da autoridade de trânsito vêm proporcionando mudanças de comportamento importantes nos condutores de Umuarama, conforme divulgado pela Prefeitura.

Contratados mediante concurso público, eles foram para as ruas em 2 de maio e desde então têm se empenhado em ações de educação e orientação, além de fiscalizar o respeito às normas de trânsito e notificar condutores infratores.

Para a diretora de Trânsito do município, Dianês Maria Piffer, o trabalho tem produzido resultados espetaculares, principalmente na parte educacional. “Nas portas das escolas eles têm mudado a atitude dos condutores, que antes paravam em fila dupla de qualquer jeito à espera dos filhos. Além disso, orientam motoristas sobre as regras para as vagas de curta duração, carga e descarga e especiais, notificando apenas em caso de desrespeito flagrante”, avaliou.

Segundo Dianês, muito mais condutores são orientados do que multados, “pois a parte educativa é primordial nesse trabalho”, afirmou. “A devolutiva é muito positiva aqui na Umutrans, em relação ao trabalho dos agentes, que tem atendido aos anseios da população de bem, que se preocupa com a segurança no trânsito. Esse era um compromisso do prefeito Hermes Pimentel que está sendo atendido”.

Os agentes já realizaram orientações em quase todas as escolas municipais, estaduais e particulares da cidade, sobre a formação de fila dupla, respeito às normas de circulação, embarque e desembarque de alunos de forma segura. O acompanhamento é diário, na entrada e saída, e a cada dia uma escola diferente é visitada.

“Quem passa nas imediações das escolas já percebe o novo comportamento dos motoristas, a partir do início da atuação dos agentes. Não tem mais bloqueio de vias, as filas estão organizadas e não atrapalham o fluxo de veículos, e este mérito é deles pelo trabalho que está sendo muito bem-feito”, acrescentou a diretora.

Quanto à fiscalização, no primeiro mês de trabalho dois automóveis e sete motocicletas que circulavam pelas ruas da cidade com um total de 110 multas foram retirados de circulação pelos agentes. Esses veículos acumulam débitos de R$ 36,5 mil – apenas uma moto devia R$ 23,4 mil em multas e taxas.

Em junho (parcial) foram oito apreensões de motocicletas que circulavam com 492 multas e débitos que ultrapassam R$ 115 mil – só uma Honda Biz rodava com mais de R$ 61 mil em débitos. Nesta semana mais duas motos foram retiradas de circulação – uma delas já baixada, que nem poderia mais circular.

“Alguns são veículos vendidos em leilão, para desmanche. Os ‘donos’ colocam placas e circulam como se fosse veículo licenciado, praticam infrações e não são punidos, pois o sistema não reconhece o veículo”, comentou Dianês.

O secretário municipal de Segurança, Trânsito e Mobilidade, Elizeu Vital da Silva, acrescenta que muitos donos de veículos ‘B.O.’ avançam o sinal vermelho diariamente e a autoridade de trânsito não tem como lançar as multas. “Esses condutores colocam a população em risco a todo momento e o trabalho dos agentes tem sido efetivo para retirar esses veículos de circulação”, afirmou.

Segundo Vital, a equipe de agentes é uma resposta aos anseios da população por um trânsito mais organizado e seguro. “No dia a dia eles presenciam inúmeras situações, atendem ocorrências, auxiliam cidadãos e principalmente orientam motoristas para um trânsito mais tranquilo. Em maio, mais de 60 condutores foram autuados manuseando celular enquanto dirigiam e outros 70 realizando retorno em locais proibidos”, acrescentou.

O avanço de sinal vermelho também é uma triste realidade em Umuarama. “É uma infração gravíssima e um grande desrespeito à vida dos cidadãos. Mas o grande objetivo dos agentes é a educação e a orientação quanto à importância do respeito às normas de trânsito, para a segurança de todos. A cada autuação, pelo menos três motoristas são orientados e informados sobre a necessidade do respeito às leis de trânsito”, completou Vital.

(Assessoria PMU)

Fonte: OBemdito

Compartilhe:

NOTÍCIAS RELACIONADAS